Abril/2017: R$ 263.550,23 (+3,48%)

Olá amigos!

 

Neste mês vendi bastante opções, o que deu uma guinada na renda do mês!

Vamos aos números!

Finanças

Vendi muitas Calls esse mês!

 

Aporte de R$ 7k. Valorização tímida devido às quedas dos FII e Tesouro Direto – acontece! Por outro lado, minha ações subiram 3,7%. Como estou muito pouco exposto a ela (15%) o impacto na rentabilidade geral foi baixo.

Lancei mais de R$ 1,6k de opções no mês e não fui exercido. Ou seja, não precisei entregar meus ativos e pude ficar com a totalidade do prêmio. Como estou lançando cada vez mais ITM (In The Money) a chance de ser exercido esse mês (dia 15, para ser preciso) é muito alta.

Vamos aos números da carteira do M1M :

Este mês tive valorização de 0,75% 0,71% segundo a planilha de rentabilidade. Muito mal Bom para quem está exposto em quase 80% em Renda Fixa! Considerando que o CDI teve valorização de 0,79% a.m.

Renda Passiva

Minha primeira meta para esse ano é chegar a bater R$ 500,00 de renda passiva em algum mês.  [ Check! ]

Consegui, com folga, bater esta primeira meta. Vendi muitas opções e ainda recebi juros da VALE5… Ótimo mês para renda passiva!

Depois dessa meta cumprida, pretendo triplicar a quantidade de tempo da meta e manter a renda nesse patamar durante 3 meses consecutivos! [Contando 1/3]

Acho que a segunda parte da meta ficará para 2018. [ ou não! ]

 

Vamos aos números (TD já descontadas taxas e IR):

Alocação de Ativos

Meus ativos, por categoria de investimentos, estão divididos da seguinte maneira:

Meu portfólio está muito concentrado em renda fixa, principalmente CDB/LCI’s. Vou, gradativamente, aumentar minha exposição em renda variável até o percentual de 30%. A princípio será por meio de FIIs, buscando alcançar a meta estabelecida em renda passiva.

Vida Pessoal

 

O único relato sobre vida pessoal é: feriado f*#$ com qualquer dieta! 

Abraços!

[Total: 2    Média: 5/5]
Compartilhe!

Meu 1° Milhão

O site "Meu 1° Milhão" mostra a caminhada rumo ao primeiro milhão de reais, através de disciplina, trabalho, economia e juros compostos. Acompanhe essa trajetória!

Mostrar
Esconder