Escolha bem sua corretora ou se não…

Olar amigos! Hoje venho falar um pouco sobre a qualidade das corretoras que temos no Brasil.

Vou compartilhar minha trágica história com vocês!

Em uma bela tarde do mês de Julho estava eu, um mero assalariado sem nenhuma habilidade em especial, trabalhando no meu próprio ritmo. Faço meu trabalho direito, nem mais, nem menos do que o necessário. Não me destaco para o lado bom muito menos para o lado ruim. Pois bem, nessa pacata tarde, resolvi dar uma conferida em meu HomeBroker e para meu espanto identifiquei uma ótima oportunidade que poderia me retornar 4,77% de lucro em apenas 15 dias!

Já venho fazendo esse tipo de operação há algum tempo e as chances de sucesso eram altas. Então, a primeira coisa que eu fiz foi começar o procedimento para montar minha operação de taxa em opções (falarei mais sobre isso em outra oportunidade). Como meu capital não é lá grandes coisas ainda (R$180k pode ser bom para alguns, mas para os grandes investidores é troco de pinga) escolhi minha corretora com base em apenas um parâmetro: o preço da corretagem.

 

A Cagada 1

Esta corretora não é das mais baratas, mas também não é das mais caras. Comecei a montar a operação já tarde, faltando 15 minutos para encerrar o pregão, o que, na minha cabeça, daria tempo de sobra. Ledo engano. Essa corretora não permite utilizar a ação como garantia para lançamento de opção coberta assim que a ação é adquirida! Ela exige que seja liquidada, ou seja, eu teria que esperar 3 dias úteis! Como eu só montei operação de taxa até então com ações que eu tinha em carteira, eu não estava ciente desse pequeno detalhe.

Resolvi entrar no chat da corretora. Depois de aguardar mais de 5 minutos em fila de espera (o tempo estava passando) fui finalmente atendido pelo “Fulano”. O Fulano me explicou que se eu não quisesse esperar poderia fazer pela mesa de operações, via chat ou telefone. O problema é que o Fulano demorou mais de 5 minutos para me falar isso (vai somando, já se foram 10 minutos). Cagada 1.

Após a informação falei que poderia executar por chat mesmo, pois o preço estava excelente, pagando uma taxa ótima com um risco baixo. Repassei a operação que eu queria fazer: VENDA CALL XYZG10 @ X,XX. Aí vocês podem imaginar o que aconteceu: a conexão com o chat CAIU. Palmas pra corretora. Quem mandou ser mão de vaca na hora de escolhê-la? Tentei retornar, mas sem sucesso: caí na fila de novo! Fiquei tão puto que resolvi ir embora.

No outro dia, já sabendo da demora que é realizar uma operação desse tipo nessa corretora (lembrem-se que passaram apenas 1 dia útil da compra da ação) resolvi entrar no HB (HomeBroker) bem cedo. Para minha sorte o preço havia caído apenas alguns centavos. Entrei no chat novamente e, para meu espanto, o Fulano do dia anterior me atendeu!

A Cagada 2, o retorno

Repassei a ordem rapidamente, lembrando-o do dia anterior. Ele confirmou que se lembrou da nossa conversa e foi “tentar” me atender. Nesse meio tempo ele me perguntou pelo menos TRÊS vezes qual era a ordem e se seria de venda de call mesmo e não de put!

“Que porra é essa!?” – pensei.

“Que tipo de atendente, trabalhando no mercado financeiro, não sabe que opções do tipo G são call com fechamento em Julho?” – continuei-me a indagar futilmente.

Informei novamente ao infeliz quais eram as diretrizes da ordem e ele me pediu para aguardar. O problema é que após essa enrolação toda, o preço já havia caído mais alguns centavos! Eu estava perdendo dinheiro por causa desse incompetente! Cagada 2.

Como azar pouco é bobagem, para minha sorte, a conexão com o chat caiu NOVAMENTE. Não era problema na minha conexão, o Facebook e o Youtube continuavam de vento em popa! Quando finalmente consegui entrar no chat novamente com o mesmo Fulano ele realizou minha ordem como deveria.

Antes de terminar nosso contato, o chat caiu novamente (perdi as contas). Nessa hora eu já nem ligava mais se eu havia conseguido montar a operação ou  não, quando chega um e-mail em minha caixa pessoal:

 

De: Fulano de Tal

Para: Meu1Milhão

Olar M1M! A conexão caiu, mas consegui realizar a ordem do senhor ao preço X,YZ.

Qualquer coisa estamos aí!

É nóis!!!

 

Nessa hora, já puto por ter perdido alguns centavos (em opções calculamos o retorno em centavos mesmo, só depois multiplicamos pela quantidade) resolvo procurar o nome do Fulano de Tal no Google.

Encontrei o infeliz.

E ele é um ESTAGIÁRIO com 5 meses de empresa.

Bem feito. Quem mandou querer economizar?

 

Este é meu estagiário: "Aguarde um momento sr., vou trocar minha fralda!"

Este é meu estagiário: “Aguarde um momento sr., vou trocar minha fralda!”

Não tenho nada contra estagiários, já fui um também. Mas, pera lá, na mesa de operação atendendo cliente e cobrando tabela BOVESPA!? Essa corretora só poderia estar de sacanagem mesmo.

Resolvi fazer as contas de quanto perdi nessa brincadeira de estagiário:

A operação inicial me traria um retorno líquido de 4,77% do capital aplicado.

Com a famigerada Cagada 1, o retorno seria de 4,04%.

Como todos sabemos que foram duas cagadas, a Cagada 2 (operação finalmente realizada) me retornou 3,38% de lucro. Pode parecer pouca diferença, mas imagine que estrago não faria em um capital maior do que, por exemplo, R$500k!?

Ou seja, por causa de uma corretora ruim com um atendente estagiário de merda (desculpe-me estagiários, mas isso não é papel para vocês ainda) perdi 1,39% na rentabilidade. Isso é mais do que muitos produtos em Renda Fixa pagam atualmente!

Dá ou não pra ficar puto!?

 

Conclusão

Não estou culpando o estagiário. Ele sequer se formou (tinha a faculdade dele e o ano de conclusão no Linkedin – cuidado com o que você deixa público na Interwebs Internet) em uma faculdade e tem apenas 5 meses de empresa.

Não estou culpando a corretora. Você recebe pelo que paga. Nesse caso, recebi justamente o que eu paguei. Sei que tem corretoras piores que sequer operam opções, mas, tem melhores também.

Estou culpando a mim mesmo. Eu poderia ter escolhido uma corretora melhor. Poderia ter gastado o interurbano para São Paulo capital e falado diretamente com o atendente (agora sempre pedirei credencial) da mesa para realizar a operação por mim.

A culpa é minha, e somente minha. Já fiz meu cadastro em uma nova corretora, cerca de 3x mais cara que a atual.

Espero que valha a pena.

[Total: 0    Média: 0/5]
Compartilhe!

Meu 1° Milhão

O site "Meu 1° Milhão" mostra a caminhada rumo ao primeiro milhão de reais, através de disciplina, trabalho, economia e juros compostos. Acompanhe essa trajetória!

12 comentários em “Escolha bem sua corretora ou se não…

  • julho 21, 2016 em 12:01 pm
    Permalink

    M1M, pq vc não dá nome aos bois?
    Todo mundo fala da corretora (ou das corretoras, pq notei que todo mundo tem mais de uma)… e isso é ótimo, exatamente para priorizarmos/evitarmos corretoras assim no mercado 🙂

    Resposta
    • julho 21, 2016 em 1:48 pm
      Permalink

      Entao, vou escrever um post de “comparativo de corretoras” que eu ja usei, la darei os nomes. Mas ja adianto por exemplo que a corretora mais cara é excepcional. Atendimento personalizado, na hora via whatsapp se preferir. Mas o preço pra qm tem menos de 300k (meu caso) nao compensa e ja estou buscando outras alternativas…

      Resposta
      • agosto 11, 2016 em 2:14 am
        Permalink

        Já saiu o famigerado post comparativo das corretoras? rs

        Resposta
        • agosto 11, 2016 em 9:58 am
          Permalink

          Tá no forno! Estou fazendo os prós e contras da nova corretora que eu estou utilizando… Sai no mes que vem, no maximo…

          Resposta
  • Pingback: Julho/2016: R$ 196.673,10 (+7,82%)

  • agosto 9, 2016 em 8:21 am
    Permalink

    Eu tenho conta em 6 corretoras hj, porém estou usando “só” 4, rs. Cada uma tem suas vantagens… e desvantagens…

    Resposta
    • agosto 9, 2016 em 9:29 am
      Permalink

      Vc ja escreveu sobre elas? Troquei recentemente de corretora para trades e estou achando mto bom! Mas tb sou que nem vc… tenho conta em 4 e uso “apenas” 3.

      No curto prazo espero migrar para apenas 2.

      No longo prazo espero migrar apenas para uma, um private bank dentro de algum banco grande pra ficar menos exposto a quebradeira de corretoras que acontece td ano.

      Resposta
      • dezembro 12, 2016 em 11:55 pm
        Permalink

        Opa, legal seu blog parabens. Me diz uma coisa, tem pesquisado sobre os private banks? Acha q vale a pena? Vi que alguns bancos aceitam valores menos. A propria xp tem acompanhamento da carteira para clientes com 2 milhoes. O que acha? Abraco.

        Resposta
        • dezembro 13, 2016 em 1:20 pm
          Permalink

          Obrigado!

          Para ser considerado Private Banking o cliente tem que ter, no mínimo, R$ 1 mi.

          § 2º – Para um cliente, individual ou coletivamente, ser elegível ao atendimento por meio da Atividade de Private
          Banking, deverá atender à exigência de capacidade de investimento mínima definida por cada Instituição
          Participante, a qual não poderá ser inferior ao equivalente a R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), sem prejuízo de
          outros critérios eventualmente adotados pelas Instituições Participantes.

          Isso é regulado pela ANBIMA e vc pode ver o regulamento aqui .

          Acho que nao tem como a XP fugir mto disso nao…

          Resposta
  • Pingback: [Novela da Custódia] Migrando de Corretora

  • janeiro 11, 2017 em 11:04 pm
    Permalink

    Muito bom o post. Vou contar uma história que aconteceu comigo: em 2008, operava numa grande corretora, considerada a melhor do mercado. Identifiquei uma oportunidade de trava de baixa na vale, vendendo strike x e comprando strike superior pra travar, e embolsando a quantia recebida se o mercado caísse. A corretora exigia que eu comprasse a primeira perna e só depois vendesse, pela mesa (com custos altíssimos de tabela bovespa), a outra perna. Comprei a 1ª, e liguei para o atendente da mesa, que pediu pra confirmar a ordem 3 vezes antes de passar pro operador que estava ao seu lado. Neste exato instante, o Dow Jones caiu uns mil pontos em questão de um ou dois minutos, levando o bovespa e todas as suas ações junto. Do meu lado da linha, pude escutar os dois conversando animadamente sobre o fato, abismados, e eu horrorizado vendo quea opção que eu queria vender só caia. Após o dow estabilizar, o funcionário simplesmente virou pra mim e perguntou: e aí, fulano, o que vc vai fazer mesmo? Resultado da brincadeira: vendi opção abaixo do que comprei a de cima, PAGANDO pra correr um risco de perder um real por opção montada!
    Depois dessa, nunca mais operei com corretoras que utilizam tabela bovespa cheia ou que exijam montagens pela MESA…

    Resposta
    • fevereiro 1, 2017 em 1:30 pm
      Permalink

      O maior problema é ter que operar pela mesa. Se não for cliente de private banking pode esquecer, sua prioridade pra atendimento é 0!

      Atualmente vc opera por qual corretora?

      Abraços!

      Resposta

Deixe uma resposta para Uorrem Bife Uó Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar
Esconder